Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Lutar, criar, Reciclagem Popular!
Ferramentas Pessoais
Acessar
This is SunRain Plone Theme
Você está aqui: Página Inicial / Sobre o Movimento / Notas e declarações / Nota de solidariedade ao MST e a Escola Nacional Florestan Fernandes

Nota de solidariedade ao MST e a Escola Nacional Florestan Fernandes

por Setor de Comunicação MNCR publicado 07/11/2016 17h36, última modificação 07/11/2016 17h36
Escola do MST sofreu invasão ilegal da Polícia que deixou companheiros feridos e presos.

07 de novembro de 2016

 

Nós, catadores a catadoras de materiais recicláveis todo o Brasil, manifestamos nossa solidariedade ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra e a Escola Nacional Florestan Fernandes diante dos ataques bárbaros sofridos no dia 04 de novembro por parte da Polícia Civil do Estado de São Paulo e Paraná. Temos no MST uma referencia de movimento social que luta pela democratização do acesso a terra e organização produtiva do campo. Por isso, defendemos a responsabilização das autoridade envolvidas e a liberdade para os presos políticos.

Vivemos um momento de flagrante violação de direitos básico que revela uma falsa democracia instalada em nosso país após o golpe parlamentar que tirou o mandato da Presidenta Dilma Rousseff e prossegue com um desgoverno que promove o desmonte do Estado e perda de direitos conquistados historicamente pela classe trabalhadora.

A PEC 241, chamada agora no Senado de PEC 55, é uma das manobras para retirar direitos básicos e instituir privilégios ao setor financeiros que são sustentados pelo Estado com pagamento injusto de juros da dívida pública.

Reafirmamos nosso compromisso na luta e resistência ao golpe e denunciamos a criminalização dos Movimento Sociais.

 

Lutar, criar, Reciclagem Popular!

Lutar não é crime!

 

Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis - MNCR

União Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis do Brasil  - Unicatadores

registrado em:

Navegação