Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Lutar, criar, Reciclagem Popular!
Ferramentas Pessoais
Acessar
This is SunRain Plone Theme
Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Notícias nacionais / Primeiro Anuário da Reciclagem evidencia importância do trabalhos dos Catadores

Primeiro Anuário da Reciclagem evidencia importância do trabalhos dos Catadores

por Setor de Comunicação MNCR publicado 06/09/2019 11h45, última modificação 06/09/2019 14h58
Publicação foi lançada no dia 3 de setembro na Unibes Cultural em São Paulo

O Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis – MNCR, apoia a realização do primeiro Anuário da Reciclagem, desenvolvido em parceria entre Ancat e Paragma, que foi lançado no dia 03 de setembro em São Paulo com dados referentes aos anos de 2017 e 2018. O relatório acompanha dados sobre preços, principais materiais e volume de resíduos sólidos processados pelas organizações de Catadores de todo o Brasil. Ao todo são analisados 270 cooperativas e associações presentes em 148 municípios e 20 Estados brasileiros.

Os dados são relevantes para quantificar o impacto socioambiental do trabalho realizado pela categoria e desse forma valorizar esse trabalho ainda mal remunerado pelos municípios brasileiros. Segundo o estudo, o processo de reciclagem diminui o potencial de emissões de gás carbônico e metano, contribuindo para a redução do efeito estufa e ajudando a refrear o aquecimento global. O volume recuperado pela atividade das cooperativas e associações equivale a um potencial de 36 mil toneladas de CO2e (2017) e de 29 mil toneladas de CO2e (2018). Esse potencial decorre, principalmente, da diminuição da produção de materiais virgens equivalente ao volume coletado (82% do potencial de redução de CO2e total), enquanto os 18% restantes resultam da redução do descarte de resíduos em locais como aterro e lixões, diminuindo o metano emitido durante a decomposição anaeróbica dos materiais.

Roberto Laureano Rocha, presidente da ANCAT, ressalta: “De forma inconsciente os catadores estão contribuindo para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. Isso mostra a importância desses catadores para toda a sociedade. O lançamento do Anuário é um marco, um instrumento que coloca números muito claros da reciclagem do Brasil e a participação dos catadores nesse processo”.

Diante dos desafios ambientais enfrentados pelo Brasil e pelo mundo nas últimas décadas, o anuário é uma poderosa ferramenta, reunindo dados que jogam luz sobre o papel socioecológico exercido pelos catadores de recicláveis no desenvolvimento sustentável da economia.

Confira a versão digital (PDF) 

  

Transmisão do evento

 

 

Fotos

 


Navegação